Atualize seu navegador!
Apae Mossoró

 

ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS – APAE

 HISTÓRICO DA INSTITUIÇÃO EM MOSSORÓ

         Aos 25 dias do mês de março de 1973, no edifício do Serviço Social da Indústria – SESI, nasceu na cidade de Mossoró, uma instituição que muito exigia de seus idealizadores, da comunidade e das autoridades Municipal, Estadual, bem como da esfera Federal.

         Foi pensamento do casal Antonio Paula de Albuquerque e Gladys Ramalho, pais de uma criança com deficiência que impulsionados pela necessidade de um atendimento especializado para o seu filho, sendo da competência da professora Maria Natália Bezerra da Costa sócia – fundadora e do professor Joaquim Alfredo Simonetti (in memoriam) encaminhar todo processo da criação da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE de Mossoró.

       A Associação, ganhou adesão e apoio do Exmº. Sr. Dr. Jerônimo Dix Huit Rosado (in memoriam) então prefeito da cidade, Sr. César Ferrário Leite (in memoriam) Dr. Severino Lopes (in memoriam), Dr. Heitor Carrilho, Dr. Milton Marques de Medeiros e tantos outros que não mediram esforços para ajudar na manutenção.

         Essa Instituição desde seus primeiros dias, adotou princípios nobres, e mantém até hoje a mesma missão de promover e articular ações de defesa de direitos, prevenção, orientações, prestação de serviços, apoio à família, direcionadas à melhoria de qualidade de vida da pessoa com deficiência e à construção de uma sociedade justa e solidária.

      Um ano depois no dia 18 de março de 1974, foi criada a Escola “Casa da Criança”, autorizada pela Secretaria de Educação e Desporto, conforme portaria nº. 095/88.

       A escola iniciou com 15 alunos, funcionando em 02 (dois) turnos, numa modesta casa situada à Rua Melo Franco, com alguns profissionais voluntários.

     Hoje a APAE Mossoró atende há mais de 260 pessoas com deficiência intelectual e múltipla prestando serviços nas áreas de educação: ciclos de alfabetização, Eja, apoio pedagógico, sala de leitura, educação física, artes, informática, projetos ambientais de hortas e coleta seletiva. Na saúde: terapia ocupacional, fisioterapia, hidroterapia, zooterapia, fonoaudiologia, psiquiatria, psicologia, pediatria, dermatologia e no social: ações de assistência e orientação as famílias, educação profissional, prevenção e inclusão social.

       O movimento das APAEs é hoje a maior rede de atenção a pessoa com deficiência do País.São mais de 2.000 APAEs no Brasil e 17 no Rn, dentre essas a APAE de Mossoró que há 38 anos constrói a sua história de luta, de transformação de vidas, somando esforços, unindo forças que permitem a promoção da inclusão social, educacional e profissional das pessoas com deficiência.